maio 18, 2024 13:05

Mulheres no mercado de TI: entenda a importância da diversidade

mulheres no mercado de TI

A presença de mulheres no mercado de TI vem crescendo nos últimos anos. Porém, apesar dessa ser uma boa notícia, as estatísticas atuais sobre a presença feminina no segmento da tecnologia ainda não são tão otimistas.

Segundo dados da Thoughtworks Brasil o perfil dos profissionais de tecnologia no país é  de 68% homens e apenas 31,7% de mulheres. Já estudos do censo IBGE 2021, apontam que apenas 17% dos empregos na área de TI são ocupados por mulheres.

E ainda há relativamente poucas meninas matriculadas em cursos relacionados à TI. De acordo com levantamento do Fórum Econômico Mundial, apenas 36% de quem se forma na área de tecnologia em todo o mundo são mulheres, sendo que somente 25% atuam no setor.

Ou seja, há muito espaço para o crescimento da presença das mulheres no mercado de TI e isso pode e deve ser estimulado, pelas razões que iremos mostrar neste nosso novo artigo. Acompanhe!  

A importância da presença feminina no mercado de TI 

Uma das principais razões para a importância da diversidade no ambiente de TI é a diversidade de pensamento e perspectiva que as mulheres trazem para a indústria. 

Quando as equipes de TI incluem mulheres, elas trazem uma gama mais ampla de experiências, habilidades e pontos de vista, o que pode levar a soluções mais criativas e inovadoras.

Além disso, a presença de mulheres na TI ajuda a combater o viés de gênero que pode existir nesse setor. A falta de representação feminina na indústria pode levar a decisões e produtos que não levam em conta as necessidades e perspectivas das mulheres.

Aqui, vale destacar que, de acordo com pesquisas do Boston Consulting Group, organizações do segmento de TI que tem pelo menos 25% do seu quadro de funcionários formado por mulheres geram aproximadamente 34% de suas receitas com produtos e serviços inovadores.

Outra razão pela qual a presença feminina na TI é importante é que ela pode servir como um modelo para as futuras gerações de mulheres. Quando as mulheres veem outras mulheres bem-sucedidas em determinado setor, elas são inspiradas a seguir carreiras semelhantes e a superar barreiras que possam ter sido vistas como limitações anteriormente.

Por fim, a presença de mulheres nas áreas de tecnologia também pode ajudar a resolver a escassez de talentos nesse setor. A indústria de TI tem uma grande demanda por profissionais altamente qualificados, e a inclusão de mulheres pode ajudar a expandir o quadro de talentos.

Como aumentar a representatividade de mulheres na TI

Apenas aumentar o número de mulheres nas equipes de TI não é suficiente. É necessário que as mulheres tenham real participação nas atividades da empresa. 

Trata-se de um processo que começa já nas entrevistas, ao eliminar vieses inconsistentes que possam causar incômodos às mulheres nesta fase de entrevistas.

Além disso,  em todas as atividades da empresa as mulheres devem ser ouvidas e terem acesso a programas de incentivo, como cursos, auxilio creche, horários flexíveis para que possam atender as demandas da família, etc. 

Outra forma pela qual as mulheres podem ser inseridas no mercado de tecnologia é por meio de comunidades e grupos de networking. Há cada vez mais grupos de mulheres em tecnologia e eventos que visam conectar mulheres com outras profissionais da área, fornecendo uma plataforma para compartilhar ideias, recursos e oportunidades de trabalho.

Dessa forma, as mulheres terão mais chances de sucesso no mercado de TI, o que beneficiará não apenas elas mesmas, mas também empresas nas quais elas estarão inseridas e a sociedade como um todo. 

Nosso trabalho em prol do aumento da presença de mulheres no mercado de TI

Aqui, na Computécnica, acreditamos na importância da diversidade de gênero nas equipes de TI. Assim, existe e sempre existirá  espaço para mulheres integrarem nosso quadro de funcionários. Incentivamos a contratação de mulheres em nossa equipe visando assim a diversidade entre os gêneros.

E isso também se estende aos nossos clientes. O serviço de Body Shop de TI da Computécnica, que trabalha para garantir todo suporte às empresas que desejam inserir mulheres em seu time, bem como às candidatas que buscam uma nova colocação no mercado de TI.

Por fim, apoiamos a Hubmulher, um coletivo de mulheres focado em carreira feminina, atuando por meio do compartilhamento de conhecimento, mentoria e networking, bem como suas ações, como o lançamento do livro DIVERSIDADE E INCLUSÃO: CASOS PRÁTICOS, sob a organização de Tania MilleaniAna Paula Arbache, que acontece no dia 13/04 na FGV – EASP, em São Paulo Capital. 

Veja mais

Artigos relacionados